35-thamaralaila-descobrirse-conexcao.jpg
  • Thamara Laila

UM PONTO

Um ponto que por um escorrego não virou vírgula Um ponto que por querer ser sozinho não virou dois pontos Um ponto que não queria mais ser inacabado, subjetivo, e por isso, não se tornou reticências Um ponto que não queria uma pausa mais longa e não virou ponto e vírgula Um ponto que não queria mais se transformar em esperança Um ponto que foi marcado com força pela ponta da caneta E manchou as próximas três páginas Um ponto que estava sendo realista Com ele, não existia continuação Ponto final. Páginas unidas, livro fechado Um suspiro longo, era mais um fim Era hora de começar um nova história Era hora de achar novos pontos


Texto escrito 20 de agosto de 2012.

0 visualização

vem desbravar no instagram

  • Instagram
  • YouTube
  • Twitter
  • Pinterest
  • Spotify ícone social

Todos os direitos reservados © 2012 - 2020 por Thamara Laila

Site criado com Wix.com