• Thamara Laila

a braçada final



nunca estive em um mar tão revolto

a água toma conta de tudo

já não sei o que transbordou de mim

e o que já estava ali


tudo está exposto

talvez, exposto demais


tem pedaços por todos os lados

alguns se perderam há muito tempo, em tormentas antigas

outros, até pouco tempo, estavam atrelados por um fio

mas muita coisa se rompeu


mais uma onda quebra em cima

destroçando ainda mais o que ainda

nem teve chance de se recuperar


o mar nos engole

tudo está turvo,

falta ar, espaço, fé


alguns destroços me cortam,

abro os olhos que ardem com o sal da água

de forma embaçada, enxergo alguns fragmentos

do que fomos, do que somos e do que ainda podemos ser


me engasgo, me debato, me revolto

e preciso decidir, se uso a pouca força que me resta

para nadar no sentido contrário ou em direção aos pedaços


— a braçada final

3 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

fotos, textos e vídeos produzidos por Thamara Laila

2021 © todos os direitos reservados

  • Instagram
  • Preto Ícone Spotify
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Pinterest
  • Twitter